Duração

5 Dias 4 Noites

Acomodações

Hotel 4 Estrelas

Ecoturismo

Famílias e Grupos

Transporte

Ônibus Leito

Cataratas do Iguaçu e a Tríplice Fronteira

A história de Foz do Iguaçu começa logo após o descobrimento do Brasil com a chegada do espanhol Álvar Nuñes Cabeza de Vaca guiado por índios Caiaganges descobriu as as cataratas. Os dois primeiros habitantes do local foram: o brasileiro Pedro Martins da Silva e o espanhol Manuel Gonzáles em 1881, pouco depois se juntaram a eles os irmãos Goycochéa que começaram a cultivar a Erva Mate.

Em 1889 começa a ocupação brasileira do território com a fundação da colônia Militar na fronteira dando início do que seria no futuro o Município de Foz do Iguaçu. O Engenheiro e Tenente José Joaquim Firmino chegou a Foz do Iguaçu em julho do mesmo ano e fez um levantamento da população efetiva do local e foram registrados 324 habitantes, na sua maioria paraguaios e argentinos. Haviam também espanhóis e ingleses que se dedicavam a exploração da erva mate.

Em 1542, o espanhol Álvar Nuñes Cabeza de Vaca, chegou ao rio Iguaçu e por ele seguiu guiado por índios Caiaganges, atingindo as Cataratas, batizando o Paraguai, ficando o registro de que
foi o descobridor das Cataratas. Em 1881, Foz do Iguaçu recebeu seus dois primeiros habitantes, o brasileiro Pedro Martins da Silva e o espanhol Manuel Gonzáles. Pouco depois chegaram os irmãos Goycochéa, que começaram a explorar a erva-mate. Oito anos após, foi fundada a colônia Militar na fronteira – marco do início da ocupação efetiva do lugar por brasileiros e do que viria a ser o município de Foz do Iguaçu.
A expedição do Engenheiro e Tenente José Joaquim Firmino chegou a Foz do Iguaçu em julho de 1889. Foi feito um levantamento da população e foram identificadas 324 pessoas, em sua maioria
paraguaios e argentinos. Mas havia também espanhóis e ingleses, já presentes na região e dedicados à extração da erva-mate e da madeira, exportadas via rio Paraná.

A beleza estonteante das Cataratas do Iguaçu

O Capitão Lindolfo Siqueira Bastos que chefiava a Agência fiscal criada em 1897 registrou a existência de 13 casas e algumas moradias rudimentares, já nos primeiros anos do século XX a população do local chegou a 2.000 pessoas e já podiam ser encontradas estruturas como Hospedarias, mercearias e o Quartel Militar, Engenho de Açúcar e Cachaça e uma estação telegráfica.

A Colônia Militar passa a condição de Vila Iguassu e Distrito o Município de Guarapuava em 1910, logo após o Ministro da Guerra emancipa a Colônia denominando-a como povoamento civil em 1912 o o Governo do Estado do Paraná passa a administrar o local criando a Coletoria Estadual da Vila.

Pela Lei 1383 de 14 de março de 1914 foi criado o município de Vila Iguaçu instalado no dia 10 de junho do do mesmo ano com a posse do prefeito Jorge Schimmelpfeng e da Câmara de Vereadores. Em 1918 o município passa denominar-se Foz do Iguaçu.

o ano de 150 marca o asfaltamento da entrada precária e cheia de obstáculos que ligava Foz do Iguaçu a capital Curitiba e Paranaguá sendo inaugurada em 1969. O Parque Nacional tem seu início em 1916 com a visita ao local do seu fundador e pai da aviação Alberto Santos Dumont. No dia 28 de julho, através do decreto nº 63, foi declarada de utilidade pública com 1008 hectares e somente em 1939, por decreto do Presidente Getúlio Vargas, a área passou a ter 156.235,77 hectares.

Em 1994 os decretos nº 6506 de 17 de maio e de nº 6587 de 14 de junho consolidam e ampliam a área do Parque Nacional dando-lhes os limites propostos pelo chefe da seção de Parques Nacionais; hoje os limites atuais são 185.000 hectares.

Apos a inauguração da ponte da amizade entre Brasil e Paraguai, a inauguração da BR-277 e a construção da Hidroelétrica de Itaipu a população de Foz do iguaçu cresceu quase 400% chegando em 1980 a 136.320 habitantes.

Hoje Foz do Iguaçu é uma cidade pujante com 253.962.

Sobre nós

A Viajane é uma Agência de Ecoturismo que resgata os valores da História do Brasil e a preservação dos patrimônios naturais e culturais do nosso país.  As viagens são feitas em grupo com Ônibus leito e serviço de bordo, este formato aproxima as pessoas, promove amizades e o networking entre profissionais de várias áreas.

WhatsApp chat